''O QUE PODEMOS FAZER PARA QUERER FIRMEMENTE AQUILO QUE RECONHECEMOS SER O MELHOR PARA NÓS E PARA NOSSA ESPÉCIE?''

15 de out de 2009

Livro: As Plantas Receitam - 18 de 20

A NATUREZA E OS SUBORNOS

Nunca nossa vista e olfato nos excitam a comer um animal. A criança que nunca ouvir falar de abates, mas que come carne, sentirá apetite ao ver um boi?
Se não temos a natureza carnívora só podemos produzir esse desejo estabelecendo uma associação de idéias entre o animal vivo e o assado.
No matadouro sentimos repgnação. Pôr que os matadouros são escondidos?

Carne crua na mesa não agrada nem a vista nem ao olfato, atrai mosca. As frutas viajam descobertas, o que não acontece com a carne.
Antes de comê-la é preciso subornar o olfato e o paladar, temperando-a, se é que os sentidos ainda não estão enfraquecidos o suficiente para levá-lo a comer carne crua.

Nenhum comentário:

Total de visualizações de página