''O QUE PODEMOS FAZER PARA QUERER FIRMEMENTE AQUILO QUE RECONHECEMOS SER O MELHOR PARA NÓS E PARA NOSSA ESPÉCIE?''

9 de nov de 2010

Um pouquinho sobre a vitmaina C

Tem os seguintes efeitos no organismo em doses moderadas:


Favorece a formação dos dentes e ossos;


Ajuda a resistir às doenças.


Previne gripes, fraqueza muscular e infecções. Este ponto é disputado, havendo estudos que não mostram qualquer efeito de doses aumentadas.[5] Contudo ajuda, sem dúvida, em doentes já com escorbuto.


Ajuda o sistema imunológico e a respiração celular, estimula as glândulas supra-renais e protege os vasos sanguíneos.


A vitamina C é importante para o funcionamento adequado das células brancas do sangue.É eficaz contra doenças infecciosas e um importante suplemento no caso de câncer.


É importante observar que a vitamina C (ácido ascórbico) é extremamente instável. Ela reage com o oxigênio do ar, com a luz e até mesmo com a água. Assim que é exposta têm-se início reações químicas que a destroem, daí o surgimento do gosto ruim no suco pronto. Estima-se que, em uma hora, quase que a totalidade do conteúdo vitamínico já reagiu e desapareceu, por isso é importante consumir as frutas ou o suco fresco feito na hora, deste modo, temos certeza que o teor de vitaminas está garantido. No caso das frutas, deve se levar em conta o estado das mesmas (cascas, cor e etc.), caso estejam 'feridas' pode ser que já se encontre em estado avançado de reação e não tenha o 'teor' vitamínico que se deseja.




tirado do wikipedia

18 de out de 2010

exc

Elixir Dentrífico:

retirado do livro: A Cura Está na Natureza - Medicina Natural

Colocar em um recipiente que possa ser bem fechado:
- 30g de erva doce em pó;
- 8g de cravo-da-india (Eugenia Cayophyllata);
- 1g de essencia de hortelã (mentha piperita);
- 580g de aguardente purissima.

Deixar em maceração por dez dias e em seguida filtrar o líquido, conservando-o em vidro com tampa esmerilhada.
Diluir algumas gotas desse elixir em um calice de agua morna e fazer bochechos.



15 de set de 2010

Fruitarian Fitness com Jericho Sunfire

jericho Sun Fire é um ser humano que aprimora seu corpo somando uma alimentação adequada frutariana, pensamentos dispertos e fazendo movimentos ritmicos não complicados.

Assista ao video:

http://suprememastertv.com/pt/bbs/board.php?bo_table=featured_pt&wr_id=707&url=link3_0&eps_no=&show=&flag=#v

6 de set de 2010

Fazer jejum e a práctica de Yoga completam-se




A combinação de movimentos lentos, alongamentos e movimentos de torção com exercícios de respiração profunda acelera o processo de desintoxicação e harmoniza as funções do corpo.


O sistema linfático e o sangue transportam as toxinas libertas e carregam-nas á volta do corpo muito mais depressa dando-lhes oportunidade para serem drenadas e acelerando o processo de eliminação.





A prática de Yoga, tanto realizando as posições e posturas (ásanas) quando se autoconhecendo, ajuda também a aumentar os níveis de energia e a armazenar grandes quantidades de prana (energia ao nosso redor) enquanto se trabalha e mantêm as diferentes posturas, e se executa pranayama que são tecnicas de respiração.






Quanto mais nos desintoxicamos, mais limpos ficam os canais de energia, e maiores são os efeitos e resultados dos exercícios. Isto não só é altamente benéfico a curto e a longo prazo, mas também faz com que o processo de desintoxicação e purificação seja mais fácil e agradável. Faz-nos sentir psicologicamente bem e a mente é fortificada para continuar a sua missão. Também nos mostra claramente os efeitos energéticos da Yoga.

















para ampliar clique nas imagens


Durante o programa de desintoxicação, as ervas cruas em formas de suco ou salada e os suplementos (alimentação abundante de verduras, frutas e vegetais) facilitam a remoção de depósitos tóxicos do nosso corpo. Ao eliminarmos estes venenos velhos do nosso sistema também as energias negativas podem ser libertas. Hatha Yoga, Pranayama, Kriyas e Meditação podem ajudar neste processo pois são ferramentas muito fortes que nos trazem harmonia e equilíbrio a todos os níveis - físico, mental, emocional e espiritual.


A Yoga e o Jejum andam de mãos dadas. Fazer jejum é um aspecto importante para o aspirante espiritual, e a Yoga é muito benéfica para quem procura purificar-se através do jejum.

Comece primeiramente lendo em enciclopeias e assistindo a videos de Yoga, se familiarize.

30 de ago de 2010

Tomio Kikuchi fala sobre o Muco



A formação do muco no organismo representa um mecanismo de transporte e excreção de dejetos e residuos, principalmente pelas vias respiratorias. os poluentes vindos do meio externo fixam-se no muco das membranas do trato respiratorio e dali sao devolvidos ao exterior atravez da tosse, espirro, etc. por outro lado, os residuos e materiais toxicos em circulação na correnta sanguinea, sao captados pela mucosa respiratoria sendo, em seguida transportados para o meio externo junto com o muco expelido.
É de grande importancia, pois, a existencia de muco no nosso organismo. Contudo, hoje em dia, há uma preocupação geral quanto a formação excessiva de muco e catarro, especialmente no pulmao onde essa secreção, em quantidades anormalmente grandes, chega por risco a vida das pessoa sao captados pela mucosa respiratoria sendo, em seguida transportados para o meio externo junto com o muco expelido.
É de grande importancia, pois, a existencia de muco no nosso organismo. Contudo, hoje em dia, há uma preocupação geral quanto a formação excessiva de muco e catarro, especialmente no pulmao onde essa secreção, em quantidades anormalmente grandes, chega por risco a vida das pessoa
Esse problema é simples de ser resolvido se o doente tiver Consciencia dos alimentos que ingere e daqueles que provacam, em seu organismo, maior ou menor transformação muco. Também, a qualidade do ar que se respiura determina o grau de irritação das membrans respiratorias bem como  a quantidade de muco protetor que é secretada. por isso, quem respira apenas o ar das cidades poluidas, tem poucas chances de obter equilibrio nas suas funções respiratorias.

 Tomio Kikuchi - Livro: Autocuraterapia <- clique para visualizar


VEJA TAMBÉM:

Mais informações Sobre Habitos Noturnos saudaveis


Noite Feliz
retirado de http://saudeperfeitarfs.blogspot.com/search/label/sono
Para ter um período de sono noturno tranqüilo e reparador, podemos tentar implementar as seguintes situações:


1. Jantar cedo e comer pouco nesta refeição (para gerar pouca urina durante o sono, e ter o estômago vazio durante esse período).

2. Tomar um banho morno antes de ir para cama (para limpar os poros da pele, permitindo que ela respire mais livremente).

3. Certifique-se que possa haver renovação de ar no seu quarto de dormir, durante o seu período de repouso (para que as toxinas exaladas de nosso corpo sejam substituídas por ar puro; ar é o nosso principal alimento, não podemos passar cinco minutos sem ele).

4. Desligue todas as pequenas luzes que ficam acesas em seu quarto de dormir (luz de stand-by do televisor, mostradores de rádio-relógios, luz da rua que entra pela janela, etc), para obter uma escuridão total no quarto (com isso maximizamos a formação de melatonina pelo nosso corpo durante o sono).

5. Não use qualquer vestimenta que tenha elástico que vá apertar seu corpo durante o sono (desta forma não haverá bloqueios na circulação do sangue e da linfa durante esse período).

6. Logo antes de ir para a cama, esvazie completamente sua bexiga de toda urina, para diminuir a probabilidade de ter que levantar durante a noite para urinar. As pessoas, às vezes por preguiça, não levantam à noite para urinar, apesar de sentir vontade de fazer isso; isso não é adequado para sua saúde; devemos sempre atender aos reclamos do nosso corpo, assim que ele pedir.

7. Um breve período de meditação, logo antes de dormir, também contribui para acalmar nossa mente e para propiciar um descanço mais completo durante a noite. Portanto, evite ver televisão logo antes de dormir; nem faça exercícios físicos logo antes de ir para a cama.

Bom sono!

26 de ago de 2010

Porque ter Habitos Noturnos saudaveis? (atualizar)


Razões para dormir e despertar cedo
Das 21 horas às 23:00: É o horário em que o corpo realiza atividades de eliminação, químicos desnecessários e tóxicos (desintoxicaçã o)  mediante o sistema linfático do nosso corpo. Neste horário do dia devemos estar num estado de relaxamento, escutando música, por exemplo.

Das 23 à 01:00: o corpo realiza o processo de desintoxicação da vesícula biliar, e idealmente deve ser processado num estado de sono profundo. 
Durante as primeiras horas da manhã 01:00- 03:00: processo de desintoxicação do fígado, idealmente deve suceder também num estado de sono profundo.
 

De madrugada 03:00- 05:00: desintoxicação dos pulmões.  É por isso que por vezes neste horário se produzem fortes acessos de tosse. Quando o processo de desintoxicação atinge o trato respiratório é melhor não tomar medicamentos para a tosse já que interferem no processo de eliminação de toxinas. 
Manhã 05:00- 07:00: desintoxicação do cólon.  É o horário de ir à casa-de-banho para esvaziar o intestino.
Durante a Manhã de 07:00- 09:00: absorção de nutrientes no intestino delgado.  É o horário perfeito para tomar o desjejum. Se estiver doente o desjejum deve ser tomado mais cedo: antes das 6:30 . 

O  desjejum antes das 7:30 é benéfico para aqueles que querem manter-se em forma. Os que não têm por hábito tomar o desjejum devem tentar mudar o hábito, sendo menos prejudicial realizá-lo entre as 9:00 e as  10:00 em vez de ficar a manhã completa sem comer. 
Dormir tarde e despertar tarde interromperá o processo de desintoxicação de químicos desnecessários ao teu organismo. Além disso deves ter em conta que das 00:00 às 4:00  é o horário em que a medula óssea está produzindo sangue. Então, procura dormir bem e não te deites tarde.

texto copiado do blog: www.pemalodro.blogspot.com - Sabedoria de Lótus


Lemos também essa página do Livro do DO IN (Jacques de Langre) = Download do livro


Um trecho da parte das LEIS NATURAIS do livro Naturalismo ao alcance de todos (Acharán) = Download do livro




6 de ago de 2010

Exercicios Fisicos - Exemplos de Exercicios Livres - Motivação

O Movimento faz a vida.

Aqui vou postar alguns videos selecionados que exemplificam e estimulam a pratica do exercicio fisico seja onde for, meu predileto é o exercício livre, a maioria dos videos sao exercicios livres :).

Academia e exercícios com pesos e barras num ambiente confinado com ar condicionado e cheio de espelhos nao são legais...


Eu chamo de ''A força 0'' ou inicial, é a de poder levantar o peso da massa comporea total com as 2 maos em qualquer posição, de ponta cabeça, pendurado, etc.

os unicos limites que existem, sao os que sua mente acreditam ter.

Recomendo a leitura do livro:

nos videos seguintes, serão apresentados exercicios que foram praticados a muito tempo e o corpo/mente desses individuos estão adaptados a tais performances, então, como passarinho que nasce nao sai voando pro alto, tudo exige treino! e simplesmente tentar praticar alguns exercicios ja é o basico.


Na natureza tudo vem a passos curtos.

acredito seriamente que praticas de alongamentos visando certas partes do corpo em especial (pesquisar meridianos energéticos[do-in, etc]) e respiração (Pesquise sobre Yoga, pranayama, etc ) criam as tendencias Perfeitas para harmonizar e fazer expandir a força e flexibilidade latente .

NOVO:
First Street Workout World Championship 2011 (swwc 2011)
http://www.youtube.com/watch?v=wCW1i0TB12M - demonstração de treino e controle

Crazy Upper Body Strength


Upperbody Conditioning for Parkour


Traceur.sk - Parkour Conditioning <---- muito recomendado, muitos tipos de exercicios livres.


Super Strength Human


~ Jericho ¤ Sunfire ~ <---- Variedade de exercicios livres sendo executatos com naturalidade.


primal workout: playfull & fast <---- muito bom


Primal Workout - Bodyweight Exercise


Strength Conditioning 2007


Incredible strength


MovNat - Erwan Le Corre - The Workout The World Forgot <----- Motivador


Esse aqui é um canal onde contém videos 'artificias' sobre os exercicios localizados, recomendo.



E para terminar 2 videos:

1: Pentatlo militar, repare na explosão motivadora dos 2 ultimos participantes da cor vermelha (1:05)

2: Super Human Strength <----- deve ser do Cirque de Soleil, nem imagino quanta dedicação devem ter dado para essa performance de 6 minutos. Concentração total de força e respiração. Recomendo!

1 de ago de 2010

A adaptação

 um ponto fundamental é a dedução sobre a adaptação de nosso corpo físico.

vamos as deduções a partir do exemplo muscular. (se vc usar a tua imaginação verá que tudo o que fazemos terá esse sentido, vem sendo assim desde sempre).

Quando exercitamos em demasia nossos músculos por ventura de alguma atividade fisica sem previa experiência, nossos músculos no dia seguinte tendem a ficar diferentes, ou doem, ou incham, ou aumentam ou se machucam (hipertrofia). Porém se isso se prolonga, começamos a notar que conseguimos fazer essa atividade com certa facilidade e destreza pois a nossa maquina PERFEITA chamada corpo é dotada de uma autoprogramação para atender a todas nossas necessidades! Afinal o seu combustível é nada menos que a alma!
É Realmente difícil uma pessoa que nunca correu 6 km correr 15 logo de cara, porém um corredor veterano nem mesmo cansa com 6km. Uma das leis naturais é a lei dos passos curtos.

Pois bem, ao passar o tempo nosso corpo faz com facilidade um trabalho fisico que nos retirava grande parte da força antes, e por que isso deve ser diferente das demais ferramentas do corpo???

Nós, seres que moramos na Terra passamos a atrofiar nossa notável maquina chamada corpo fisico.

O homem por hábitos , prejudicou seu corpo físico q funciona diretamente ligado a alma, interferindo nela tbm, e bloqueou seus chacras(sensores energéticos), dessa forma densificando-se, e tendo sua capacidade reduzida, é como um controle com pilhas fracas, ou uma antena de radio quebrada q funciona precariamente...

Então a vários milénios atrás quando o homem começou a ingerir pela sua boca muitas calorias de diferentes alimentos muitos deles, que ao entrarem para dentro do corpo o forçam a uma rápida adaptação temporária - ingerir alimentos mortos(cozidos), cadáveres e subst. tóxicas - ao fazer isso continuamente, os sensores (chakras) que captam as energias entraram em ocilação.
Até pouco tempo civilizações que deixaram suas mastabas, pirâmides, obeliscos, templos, zigurates e calendários, usufruíram das energias exteriores muito bem.... simplesmente porque seus sensores estavam muito mais ligados e também possivelmente por outros motivos mais misticos, incluindo visitantes extraterrenos. Sim, tudo indica isso.
Mas enfim, se passarmos pouco a pouco observando o fluxo da natureza, desenvolvendo a humildade e gratidção sobre todas as coisas certamente vamos estar mais cientes de nosso proposito hoje, no planeta.

30 de jul de 2010

Reações recuperativas - Urinoterapia

REAÇÕES RECUPERATIVAS

As Reações Recuperativas podem incluir um agravamento dos sintomas, mas a aparente recaída é necessária para a cura. Nesse período o corpo passa a eliminar toxinas acumuladas e doenças que foram reprimidas mas não curadas pelos medicamentos tradicionais. A Urinoterapia não suprime nem reprime as doenças, ao contrario, as expõe para remover suas causas. Podem ocorrer diarréia, fadiga, queda de pressão, abscessos, alergia, comichões, erupções, aftas, febre, prisão de ventre, secreção nos olhos, nas mamas ou na vagina, sensações estranhas no estômago ou no intestino. Em qualquer caso é bom aceitar as reações com alegria e gratidão e não se preocupar pois são sinais de que a cura está a caminho. 

ASPECTOS PSICOLÓGICOS

O tratamento com a URINOTERAPIA toca no “centro do orgulho” enfraquecendo-o ; paradoxalmente, aumenta o grau de auto-aceitação da pessoa, que ao tomar a própria urina, está deixando de negar aspectos seus que considerava sem valor ou repugnantes e se responsabilizando por eles. A auto-aceitação cura a maior parte dos problemas psíquicos e, se é autêntica, não significa comodismo, mas ausência de conflitos consigo. Outros aspectos importantes da atuação da URINOTERAPIA nesse nível psíquico, são a quebra de condicionamentos mentais e a simplificação de conceitos. 

O que é urina?

Por Marco. 2ª parte

Ainda citando a Denise Gontijo Machado:
A urina é formada nos rins por uma filtragem do sangue.
Antes de ser filtrado pelos rins o sangue passa pelo fígado, que lhe extrai as toxinas e as descarta por meio da bile, jogada no intestino.
A função dos rins é de manter o equilíbrio das substâncias no sangue e controlar a quantidade de água no corpo, e não, como usualmente se acredita, a de eliminar toxinas - trabalho executado pelo fígado.
A urina, portanto, é um produto puro do sangue e não um amontoado de elementos tóxicos; ela não é um dejeto como as fezes.
Noventa e nove por cento do líquido filtrado pelos rins é reabsorvido e volta a circular no sangue; só 1% desse líquido, mais ou menos um litro e meio, é diariamente excretado pelos rins, armazenado na bexiga e expelido como urina.
A urina é constituída de 96% de água e 4% de elementos orgânicos e inorgânicos.
São compostos inorgânicos: cloreto de sódio e outros sais de cloro, sais de enxofre, fosforo, sódio, potássio, calcio, magnésio, cobre, fluor, iodo, ferro, zinco, ácido fosfórico e ácido sulfúrico.
Alguns dos compostos orgânicos: uréia, creatinina, amônia, ácido úrico, albumina e outras proteínas, além de 21 espécies de aminoácidos, aminas e ácidos orgânicos.
Hidratos de carbono: cetoácidos, ácido lático e ácido úrico.
Vitaminas A, B, C e E e ácido pantotênico.
Hormônios: hipofisários, sexuais, prostaglandinas, ADH entre outros. 

USOS MEDICINAIS DA URINA

Muitas substâncias utilizadas em tratamentos são extraídas da urina: a alantroína, que ajuda na cicatrização das feridas e é ótimo anti-rugas; as globulinas, em especial as imunoglobulinas, que são anticorpos; a uréia, responsável pela capacidade bactericida da urina e pela ação inibidora do bacilo da tuberculose; a uroquinase, enzima vasodilatadora, que ajuda a evitar tromboses; o 3-metilglioxal, que destrói células cancerosas.
Quando o corpo está intoxicado, os rins não conseguem trabalhar com eficiência e deixam ir embora muitas substâncias necessárias.
Quando se pratica a URINOTERAPIA esses elementos vitais são respostos.
A URINOTERAPIA não tem contra indicações, nem mesmo se a pessoa está com infecção urinária.
A urina não é veneno – essa idéia é um equivoco de sociedades industrializadas que perderam contato com a sabedoria da natureza. 

OBJEÇÕES À URINOTERAPIA

A mais comum objeção é que algo eliminado pelo corpo, não pode ser bom para ele.
Observe a natureza e veja que as folhas mortas adubam a terra e são essenciais para a saúde das árvores.
A natureza não desperdiça nada, nós e que não a compreendemos.
Os constituintes da urina são muito úteis para nosso corpo.
Seus componentes considerados tóxicos (uréia e ácido úrico por exemplo) encontram-se também no sangue e na diluição em que aparecem na urina, não são perigosos.
Outra objeção é que o gosto da urina é repugnante.
Isso só é verdade quando o organismo está intoxicado.
Depois de começar o tratamento o gosto vai ficando mais e mais inofensivo.
Se inicialmente for muito ruim, pode-se misturar outro líquido à urina, suco de laranja, chá, própolis ou mesmo água.
Outro procedimento auxiliar é tomar muito líquido, o que dilui o sabor da urina.
Como há registro de curas de animais pela ingestão de urina, o argumento de que seria mera auto sugestão, não procede.
Não é mais citado pela medicina, por não dar lucro. 

COMO PRATICAR A URINOTERAPIA

Denise Gontijo Machado ensina:
Há várias maneiras de praticar a URINOTERAPIA:
1 - Beber a urina, uma vez por dia, ao acordar.
2 - Beber a urina várias vezes por dia, segundo o instinto indicar.
3 - Fazer um jejum completo, tomando apenas água e toda urina vertida.
4 - Friccionar o corpo todo com urina, principalmente a cabeça, o rosto, o pescoço e os pés.
5 - Aplicar compressas - panos embebidos com urina - nas áreas acometidas por tumores, bolhas, feridas, inchaços ou queimaduras.
6 - Tomar banhos de imersão em água misturada à urina eliminada nas últimas 8 ou 9 horas.

A modalidade mais branda é a primeira: estimula a regeneração e a purificação do organismo.
Recomenda-se tomar um copo de 200 ml da primeira urina da manhã, fresca, pois ela contém o hormônio ADH que é antibiótico, analgésico, ativador da circulação e estimulante da secreção de outros hormônios.
Entretanto se o corpo estiver muito intoxicado essa primeira urina é difícil de tomar, pois tem gosto e odor fortes.
Pode-se mistura-la com suco de laranja, com própolis ou ainda diluí-la em água.
OU, em ultimo caso, pode-se tomar a segunda urina da manhã, que tem gosto mais suave. 
 À medida que o corpo se desintoxica, fica mais fácil passar para a segunda modalidade: tomar urina várias vezes ao dia. Isso é feito sem dificuldade depois da depuração do organismo.
A terceira modalidade, mais drástica, é indicada em casos graves, pois provoca intensa e rápida reação: consiste em jejum a base de água e urina. Diz-se que o efeito de 10 dias desta modalidade corresponde ao de três meses da primeira. É bem mais fácil jejuar quando se toma a urina, pois ela é nutritiva e diminui a fome.
A quarta modalidade é indicada em erupções cutâneas, psoríases, eczemas, dermatite seborréicas, micoses e outras doenças de pele. Já que a urina contém aminoácidos, hormônios, vitaminas e outras substâncias vivas, ela regenera a pele. Tais substâncias ativam e estimulam o corpo, incrementando seu poder de auto-cura. A urina armazenada tem mais poder do que a fresca, quando se trata de pele. A uréia dissociada por enzimas, transforma-se em amônia, poderoso germicida. Pode-se guardar a urina em um recipiente de vidro e deixa-la em repouso por sete dias, antes de aplica-la. Mas, nesse caso, seu cheiro é bem desagradável.
Quanto às compressas de urina, a quinta modalidade, Armstrong relata casos de desaparecimento de tumores cancerígenos por meio da combinação de compressas com o jejum absoluto e a ingestão de toda urina vertida.
A sexta modalidade é indicada para revitalizar ou regenerar a pele. 

Ainda com a palavra a Denise:

Outra forma de utilizar esse medicamento poderoso é dilui-lo (um a 3 copos por litro de água) e irrigar a vagina para tratar corrimentos e infecções (usando-se uma seringa), ou fazer lavagens intestinais para tratar diarréia , constipação ou infecções intestinais. Pode também se aplicado com contagotas nos olhos e nos ouvidos no caso de infecções e outros problemas.

DINAMIZAÇÃO:

Para quem tem muita dificuldade em ingerir a própria urina pode-se dinamiza-la como se faz com medicamentos homeopáticos.
Você pode preparar seu próprio medicamento:
1 - Separe dez garrafinhas e encha-as com 3/4 de água.
2 - Coloque algumas gotas de urina na primeira, tampe-a e agite 100 vezes.
3 - Pingue uma gota dessa mistura na segunda, tampe-a e agite 100 vezes.
4 - Repita esse processo até a décima garrafa.
5 - Tome 5 gotas da última mistura, 3 vezes ao dia.
Medicamentos dinamizados costumam atuar mais nos pensamentos e emoções do que no físico; logo, se a enfermidade que se tratar é física, é melhor ingerir a urina pura.

informações sobre Urinoterapia

por Marco, comunidade do orkut ALIMENTAÇÃO CONSCIENTE

Como comecei a pesquisar a URINOTERAPIA?
Vou lhe contar pelo menos uma parte da história: um de meus alunos me enviou um e-mail perguntando sobre a carência da vitamina B12 que é tão comum para quem é vegetariano, vegan ou crudivorista.
Como detesto respostas autobiográficas (fundamentadas apenas em uma experimentação isolada) fui pesquisar mais o assunto.
Acontece que a vitamina B12 é feita por uma bactéria e não pode ser produzida por plantas ou animais.
Sua deficiência PODE causar manchas brancas na pele, diminuição do fôlego diante de pequenos esforços físicos, retardamento do crescimento em crianças, tremores na pálpebra, perda de memória e desorientação, alguns tipos de dores de cabeça, perda parcial da visão (ou embaça mento do foco central da visão), irritabilidade, depressão e mudanças de personalidade, fadiga extrema independente da quantidade de sono a cada dia e inclusive algumas formas de paralisia.
Algumas das moléstias neurológicas causadas a partir da deficiência dessa vitamina podem ser devastadoras e irreversíveis.
Como sofri uma manifestação de AGT (Amnésia Global Temporária) aprofundei minhas pesquisas a respeito. 
Além dos alimentos vegetais não poderem ser considerados fonte da vitamina B12, em alguns casos a ingestão de algas ou spirulina pode inibir o metabolismo da vitamina B12 e causar uma deficiência.
Isso acontece porque há um fator intrínseco: é necessária uma glicoproteína produzida no estomago para que haja absorção da vitamina B12 e a ausência dessa proteína pode causar deficiência.
O Dr. Graham adverte que essa deficiência pode ocorrer até em pessoas que comem carne e não apenas em crudívoros.
Isso ocorre por fatores contidos no próprio alimento que inibe sua absorção.
Por exemplo, ovos contêm vitamina B12, mas também contém um fator que bloqueia sua absorção.
Há referências que os primatas obtêm vitamina B12, de três maneiras observáveis: primeira: embora sejam crudivoros, ingerem alguns insetos e alguns pequenos roedores de quando em quando; segunda: ingerem alimentos vegetais sem lavá-los e; terceiro: de vez em quando comem suas próprias fezes (o que alguns roedores também fazem).
É interessante observar que quando se examinam as fezes de pessoas que têm deficiência da vitamina B12, essa vitamina é encontrada.
A razão para isso, segundo o Dr. Gabriel Cousens, é que nosso organismo produz B12 a partir das bactérias que temos em nosso intestino grosso, mas infelizmente na área do intestino em que ela é produzida, não há mais absorção.
O Dr. Herbert presenciou uma pesquisa na Inglaterra em que voluntários vegans que passavam pela deficiência dessa vitamina, se recuperaram ingerindo extratos obtidos de suas próprias fezes.  
Mas argh! Isso sempre me pareceu muito doido e, com certeza, não tinha nada a ver com minha busca de uma alimentação mais próxima da natureza e daquilo que Deus quer para nós humanos.
Foi então que encontrei na net um debate a respeito e, pasme, um dos médicos presentes informou que em uma determinada região da áfrica os habitantes não tinham deficiência de B12 e passaram a ter quando foram evangelizados.
Pasmem a razão encontrada para isso é que deixaram de praticar o sexo oral!
Ora, que coisa maluca! O que uma coisa poderia ter a ver com outra?
Foi então que me lembrei da URINOTERAPIA que é uma forma de terapia que foi (e ainda é) muito praticada em diferentes regiões de nosso planeta.
Segundo Denise Gontijo Machado em seu excelente livrinho URINOTERAPIA – Uma alternativa simples para tratamentos de saúde, publicado no Brasil pela Irdin Editora, a URINOTERAPIA era utilizada na Índia, no Tibete, Egito, Grécia Antiga e nas civilizações Inca, Maia e Asteca.
Bom, minha curiosidade foi aguçada e comecei a pesquisar o assunto, inclusive importando alguns livros a respeito.
Pretendo compartilhar neste tópico, parte do que aprendi e que acho, pode ser relevante para quem esteja em busca da saúde.

Convido os participantes de nossa comunidade a acrescentarem suas contribuições a este tópico para o bem de nossa comunidade. 

Segundo a Denise, no Nordeste do Brasil, onde há faltas de recursos médicos, a tradição popular recomenda a aplicação da urina de crianças para doenças de pele, urticárias e queimaduras por venenos de animais, como taturanas e aguas vivas.
O uso abusivo de medicamentos enfraquece o organismo e pode conduzi-lo a deficiências imunológicas, o que, por sua vez, gera dependência de medicamentos cada vez mais fortes.
O corpo funciona como um laboratório de analgésicos, antibióticos e até mesmo de certos hormônios que podem curar ou prevenir enfermidades.
A urina, é um medicamento natural que nosso laboratório biológico inteligentemente produz, capaz de reequilibrar o organismo, estimulando suas funções de eliminação e defesa, e devolvendo-lhe a vitalidade perdida.  



29 de jul de 2010

energia

nomes diversos?

energia Ódica, energia Radiante, Arane , eletromagnetica, Orgânica, pneuma, ki, chi, tao, orgone, prana, luz, vibração, deus, mana, orenda, baraka, ruach, archaeus, poder, etc

tecnicas?

Yoga e vertentes, Reiki, Jin Shin Jyutsu, JohRei, Do in, Falun Gong, Cura Pranica, programas de respiração, mantras, etc

Terapias?

...

25 de jul de 2010

Vegetarianismo


Não se deve retornar à dieta de carne, se o organismo já de acostumou à vegetariana. Só pode haver exceções por causa da fome; mas geralmente um punhado de grãos de milho ou de arroz pode ser encontrado. As pessoas com freqüência não suspeitam como a carne pode limitar e desfigurar a aura. Mas a perturbação pode ser sentida especialmente quando o organismo já se acostumou às vantagens da dieta vegetariana. As pessoas às vezes discernem menos de que os animais em relação ao alimento e sua qualidade. Tal pensamento é útil no caminho para o Mundo Ardente. (Morya – Mundo Ardente II; 408)

O refinamento do coração aconselhará a abstinência da alimentação carnívora. Além disso, a compreensão do Mundo Sutil não somente mostrará o dano de assimilar produtos em decomposição, como também revelará que tipos de vizinhos são atraídos pela decomposição. Verdadeiramente, é difícil decidir onde está o dano maior, se na ingestão ou atração dos hóspedes indesejáveis pela carne, até as carnes secas e defumadas, que são relativamente menos prejudiciais, atraem, contudo, pelo seu cheiro, entidades famintas procedentes do Mundo Sutil, e se elas são saudadas por palavras abomináveis, resulta a mais prejudicial companhia. Como tendes ouvido, são muitos os que tomam alimento em silêncio, ou melhor, acompanhando-o de conversações elevadas. Por certo, qualquer putrefação é inadmissível, e até os legumes não deve ser permitida a decomposição. As pessoas necessitam de pouco – duas frutas, um pouco de cereais e leite. Assim, pois, as pessoas podem purificar-se não só internamente, como também livrar-se de muitos vizinhos. Não é, pois, necessário, para os médicos que estudam os meios de combater os câncer e as pedras na vesícula, prestar atenção a esta profilaxia elementar? As pessoas falam de perfumes e incenso. Entretanto, certos venenos igualmente são aromáticos, mas matam a consciência! Este estudo também não deve ser esquecido. (Morya – Coração; 331)
A Fala

“Os ensinamentos espirituais colocaram grande ênfase em saber o uso apropriado dos órgãos dos sentidos e em aplicar esse entendimento na sua vida diária.”

“Cada órgão dos sentidos dado aos seres humanos possui um uso específico, mas a língua é dotada de duplo poder.
Esta possui o poder da fala e o poder da degustação.
Na Gita, o Senhor o adverte para ser muito cuidadoso no uso de sua língua.”

“A fala tem seu próprio e poderoso impacto na mente e em todo o processo mental. Possui um poder tremendo.
Pode desorientar sua mente. Pode partir seu coração. Pode até mesmo matá-lo.
Pode também dar a vida e o encorajamento e ajudá-lo a alcançar seu objetivo divino.
Estes são resultados opostos entre si e contraditórios, ambos produzidos pela palavra falada.”

“Vocês não devem falar muito. A energia divina que está em vocês será desperdiçada no processo.
Por se ocuparem em demasiada conversação, seu poder de memória será reduzido e a fraqueza será desenvolvida em seu corpo.
Envelhecimento precoce será o resultado final. Além disso, vocês terão também um mau nome.”

“A causa mais comum do envelhecimento precoce e da senilidade é esta falação e mais falação, e ainda mais falação.
Toda esta falação não é boa. Você deve observar silêncio.
Desde o nascimento, você não desenvolveu o hábito do silêncio interno. Deve desenvolvê-lo agora.”

Sai Baba Gita, Cap. VII, "Restringindo a Língua na Alimentação e na Fala"

21 de mai de 2010

Livro: Voce sabe se Desintoxicar? Dr.Soleil [breve] [#1]

Escolha um servidor para baixar o livro:
[Breve] 4shared
[breve] Google Drive 

(por hora está o link do livro: Voce sabe se Alimentar)
Links em atualização

Novidades: Estou com o livro em mãos, em breve digitalização do livro! postado hoje dia 5 de nov de 2014 por Le.

20 de mai de 2010

Livro: Voce sabe se alimentar? . Dr.Soleil [#2]


Uma excelente leitura, simples, dinâmica, motivadora e funcional.

Escolha um servidor para baixar o livro:
~> 4shared


Links atualizados

É cada vez maior o número de pessoas que querem se aproximar da natureza, que querem dar maior importância à criatividade pessoal e que querem participar plenamente de um mundo em constante mudança.

Para isso, precisamos descobrir os princípios de saúde e harmonia, que permitem melhorar nosso relacionamento com nós mesmos e com o mundo do qual fazemos parte.

É preciso aprender a conciliar a modificação progressiva do modo de vida com as imposições da vida atual, sem perder a alegria de viver.


Temos, dentro de nós, o melhor dos médicos. Quando impedimos esse médico interior de realizar seu trabalho - por nossa maneira de pensar e de agir - ficamos expostos à doença.
Existem, hoje, inúmeros métodos para promover a saúde. Alguns têm sua origem em tradições antigas, outros em estudos científicos modernos: o importante é perceber que se completam e fazer livremente a escolha para agir em benefício de nossa própria saúde.

Esta é a mensagem da FUNDAÇÃO SOLEIL, que se dedica há treze anos à educação em saúde. Informa o público sobre todos os métodos - medicina ortodoxa, medicinas naturais e meios de manter a saúde que cada um pode escolher para si mesmo.

O princípio mais importante é propor sem impor, informar sem tomar partido.

As EDIÇÕES VIVEZ SOLEIL apresentam caminhos, mostram direções, ficando longe das brigas entre escolas e respeitando a convicção e as preferências de cada um.

Cada livro publicado oferece ao leitor a oportunidade de tomar consciência.
Somos convidados a viver em crescente bem-estar, a melhorar nossa saúde e a cultivar a consciência de nós mesmos como ser humano completo: físico, social, emocional e espiritual.

Os livros assinados "Doutor Soleil" são elaborados por um grupo de pessoas de diversas áreas mas reunidas por seu interesse pela pedagogia da saúde. São redigidos em linguagem simples e com humor, para nos incentivar a sair das nossas limitações e optar por uma vida mais ampla, mais livre e mais dinâmica.

Este livro foi traduzido e revisto sob a coordenação da equipe da TAPS, ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE TECNOLOGIA ALTERNATIVA NA PROMOÇÃO DA SAÚDE. Contribuíram para esta edição: Amélia Toyoko Tomoyoshi; Hildegard Bromberg Richter; Lídia Mariko Aoki; Maria Cristina Bromberg; Maria Stella Scaff Glycerio e Sílvia Costa.


Prefácio extraído do livro.

19 de mai de 2010

A AutoCura básica do Corpo

o corpo busca a saude, e é ele que cura.

isso é inegável simplesmente pelo fato de que quando nos machucamos ou pegamos uma gripe, o corpo tenta se curar sozinho.

Ao nosso redor estão nossas AUXILIADORAS, as plantas, os alimentos vivos, SUCULENTOS AO NATURAL, coloridos e aromaticos. 

Basta dar a chance para o corpo desempenhar seu papel, isso acontece quando começamos fazendo a economia das energias que assim poderão atuar na sua função básica, que é Expandir e não Estagnar.

Porem a maioria dos corpos sao violados com alimentação FISICA errada, essa alimentação errada pode ser consumida esporadicamente sem problema algum, por mera socialidade ou evento, mas o que ocorre é que passamos DECADAS com a mesma alimentação desgastante, sem fazer nenhum tipo de ato equilibrador tal qual tem nome de JEJUM.

E assim, as energias sao constantemente gastas e viciadas em eliminar produtos que sao ingeridas por meros equívocos mentais, so pelo prazer palativo, costume, vicio, comodidade, condição de vida etc ou seja, so por vontade e nao necessidade.

Se a base alimentar são alimentos de facil assimilação e ricos em nutrientes que facilitam a manutenção do corpo, vc tera realizado duas coisas muito importantes para facilitar a saude fisica:

1: Economia de energia na digestão, apartir da boca até a eliminação.
2: Assimilando facilmente os nutrientes dos alimentos, que ao seram absorvidos pela mucosa instestinal com eficácia sao despejados na corrente sanguinea, tornando-o rico em substancias benéficas que ajudam a manter o corpo imune.

Lembremos:

se adubamos uma arvore e damos a ela um ambiente harmonico, ela crescerá vigorosa, radiante e imponente,dará flores, frutos, sombra, animais, porem, se nao dermos adubo nem um ambiente favoravel, ela viverá porem com grandes problemas, podendo até morrer.



11 de mai de 2010

VEGETARIANISMO (melhor postagem sobre o tema, vejam)


VEGETARIANISMO

Elementos para uma Conversa Sobre

Marly Winckler


"Por tudo o que é sagrado em nossas esperanças pela humanidade, conclamo aqueles que desejam o bem-estar da humanidade e amam a verdade a examinarem, sem preconceito, os ensinamentos do vegetarianismo."
Shelley

 
 
Pra começar
       Este trabalho visa oferecer elementos a respeito do vegetarianismo que permitam ao leitor avaliar se é algo que vale a pena ser tentado ou não. A um olhar mais atento estes elementos parecem auto-evidentes, mas permanecemos cegos para os mesmos, por termos sido cegados. Não devemos esquecer que todos nascemos e fomos criados em algum credo ou religião, dentro de uma moldura específica de idéias e valores, que todos pertencemos de algum modo a nossa geração e, em conseqüência, nosso julgamento poderá ser deformado e inconscientemente moldado por algumas ou todas estas influências.
        Aquelas coisas que são de fato boas, quando olhadas sob os mais diversos prismas revelam-se sempre favoráveis e cada uma de suas facetas se soma enriquecendo o conjunto de modo a formar um todo irresistivelmente atraente.

        Pra mim o vegetarianismo é uma destas coisas. Que o leitor, entretanto, julgue por si mesmo, após considerar os aspectos aqui enfocados.


O que é vegetarianismo?
        Vegetarianismo é o regime alimentar segundo o qual nada que implique em sacrifício de vidas animais deva servir à alimentação. Assim, os vegetarianos não comem carne e seus derivados, mas podem incluir em seu regime, leite, lacticínios e ovos. O regime vegetariano não é, pois, exclusivamente vegetal e seu nome não se origina de alimentação vegetal e, sim, do latim vegetus que significa "forte", "vigoroso", "saudável". A dieta ideal de cada pessoa é única e varia segundo fatores de ordem físico-fisiológica (idade, sexo, clima, atividade, secreções endócrinas, superfície corporal), de acordo com seu modo de vida, objetivos, desenvolvimento, evolutivo etc.


Razões para uma dieta vegetariana

        Entre outras razões para adotarmos uma dieta vegetariana destacam-se as seguintes: anatômicas e fisiológicas; higiênicas, de saúde, econômicas, estéticas, ecológicas, éticas, espirituais e religiosas.

1. Anatômicas e fisiológicas


                O estudo comparativo da anatomia e fisiologia dos animais carnívoros, herbívoros e frugívoros demonstra que a dieta frugívora e herbívora é mais adequada ao homem. Os seguintes dados são um resumo de tais estudos.


Carnívoros

1. Têm garras.
2. Não têm poros. Transpiram pela língua.
3. Dentes caninos frontais alongados, fortes e pontiagudos para rasgar a carne.
4. Ausência de dentes molares posteriores para triturar alimentos.
5. Glândulas salivares pequenas na boca (glândulas bem desenvolvidas são necessárias na pré-digestão de cereais e frutas).
6. Saliva ácida.
7. Ausência de ptialina, enzima responsável pela pré-digestão dos cereais.
8. Trato intestinal 3 vezes o tamanho do corpo, para que a carne em decomposição possa ser eliminada rapidamente.
9. Estômago simples e arredondado.
10. Forte concentração de ácido clorídrico no estômago, para digerir a carne.
11. Cólon liso.
12. Urina ácida.
13. Mandíbula alongada para a frente.
14. Alimento: carne.


Frugívoros

1. Não têm garras.
2. Transpiram através de milhares de poros.
3. Ausência de dentes caninos frontais pontiagudos.
4. Dentes molares posteriores achatados, para triturar.
5. Glândulas salivares bem desenvolvidas, necessárias à pré-digestão de cereais e frutas.
6. Saliva alcalina.
7. Profusão de ptialina.
8. Trato intestinal 10 a 12 vezes o comprimento do corpo.
9. Estômago com um duodeno como segundo estômago.
10. Ácido do estômago 20 vezes menos concentrado que nos carnívoros.
11. Cólon convoluto.
12. Urina alcalina.
13. Mandíbula curta.

14. Alimento: frutas e nozes.



Herbívoros

1. Não têm garras.
2. Transpiram através de milhares de poros.
3. Ausência de dentes caninos frontais pontiagudos.
4. Dentes molares posteriores achatados, para triturar.
5. Glândulas salivares bem desenvolvidas, necessárias à pré-digestão de cereais e frutas.
6. Saliva alcalina.
7. Profusão de ptialina.
8. Trato intestinal 10 a 12 vezes o comprimento do corpo.
9. Estômago em três ou quatro compartimentos.
10. Ácido do estômago 20 vezes menos concentrado que nos carnívoros.
11. Cólon convoluto.
12. Urina alcalina.
13. Mandíbula levemente alongada.
14. Alimento: grama, ervas e plantas.

Homem

1. Não tem garras.
2. Transpira através de milhares de poros.
3. Ausência de dentes caninos frontais pontiagudos.
4. Dentes molares posteriores achatados, para triturar.
5. Glândulas salivares bem desenvolvidas, necessárias à pré-digestão de cereais e frutas.
6. Saliva alcalina.
7. Profusão de ptialina, para pré-digerir cereais.
8. Trato intestinal 10 a 12 vezes o comprimento do corpo.
9. Estômago com um duodeno como segundo estômago.
10. Ácido do estômago 20 vezes menos concentrado do que nos carnívoros.
11. Cólon convoluto.
12. Urina alcalina.
13. Mandíbula curta.
14. Alimento: deveria viver de cereais, vegetais, frutas e nozes.



        Como vemos, os animais mais próximos do homem, anatômica e fisiologicamente, são frugívoros ou herbívoros. Várias características indicam diferenças pronunciadas entre os animais herbívoros e frugívoros e os carnívoros, mas vale a pena destacar o comprimento do intestino, que nos carnívoros é aproximadamente 3 vezes o comprimento do corpo enquanto que no homem é cerca de 12 vezes. Isto faz com que os carnívoros tenham uma digestão bastante rápida, eliminando a seguir tudo o que não é absorvido. Já o homem tem uma digestão muito lenta, por ter um intestino longo. Isto faz com que a carne, que já estava em processo de decomposição desde a morte do animal, continue a decompor-se no interior de seu intestino, causando muitos problemas de saúde por causa das toxinas liberadas, irritações causadas etc.

        Um dos melhores indicadores de que a alimentação vegetariana é mais apropriada ao homem, contudo, são os muitos benefícios para a saúde encontrados em dietas à base de vegetais e as inúmeras enfermidades ligadas ao consumo da carne. Além disso, pela análise química e comparação das propriedades nutritivas dos vegetais e da carne, observamos que é possível obtermos do reino vegetal o suficiente para a constituição dos tecidos e a nutrição do corpo.



2. Higiênicas

        A carne deteriora-se com enorme rapidez. A decomposição inicia imediatamente após a morte e só é percebida pelo olfato quando já alcançou um estado avançado. É a principal fonte de putrefações intestinais; mesmo cozida contém toxinas microbianas em grande quantidade. Além disso, pela sua própria composição, favorece a proliferação de micróbios nos intestinos.         
       
        A média de gérmens, de 65.000 por mm3 de fezes no carnívoro, baixa para 2.000 por mm3 no vegetariano. Esses gérmens extinguem os gérmens saprófitas, benfeitores, daí a freqüência de apendicite, diverticulite, colite e enterite, entre os carnívoros.

        Os carnívoros produzem fezes e suores fétidos, e têm seu paladar e olfato embrutecidos para os sabores delicados e fragrâncias sutis.



3. De saúde

        Do ponto de vista da saúde o regime vegetariano é amplamente favorável. Segundo a Dra. Jacqueline André (André, 1990), o consumo excessivo de carne é nocivo por muitas razões:

* A carne é rica em gorduras, favorecendo, portanto, a ateromatose e o infarto do miocárdio, os cânceres colorretais e a obesidade.

* O fato de ser rica em colesterol faz dela uma causa de cânceres hormonodependentes (mama, próstata, útero).

* Seu alto teor de protídios pode torná-la um fator de insuficiência renal. Além disso, o cozimento prolongado ou sob altas temperaturas de suas proteínas provoca a formação de agentes mutagênicos, que podem iniciar um câncer.

* O fato de ser rica em ácidos nucléicos faz dela um fator de cálculos urinários, hiperuricemias e gota.

* Os resíduos de antibióticos nela contidos podem, muito freqüentemente, causar alergias.

* Os antibióticos, de cujo uso (veterinário ou a título de aditivos alimentares) a preparação industrial da carne necessita, são um fator de resistências transferíveis.

* A rápida impressão de saciedade que sua ingestão provoca pode levar o consumidor a reduzir exageradamente a porção de fibras vegetais em sua ração alimentar, o que é, sobretudo, um fator de constipação, de diabete e de cânceres colorretais.

* Aquele que retira o essencial de suas proteínas da carne freqüentemente negligencia o consumo de leguminosas; disso podem resultar carências de magnésio, responsáveis principalmente por distúrbios do ritmo cardíaco, depressões nervosas e oxalato na urina.

              
        O Dr. Alberto Lyra (Lyra, 1973) aponta os seguintes inconvenientes da carne como alimento:

* Alimento anti-natural. O homem não fabrica amoníaco para neutralizar os ácidos resultantes do metabolismo cárneo, como o fazem os carnívoros.

* Alimento tóxico. A carne é um veneno lento mas seguro. Ela possui toxinas (venenos), resultantes da decomposição cadavérica, e outras resultantes do metabolismo animal, que ficam retidas e produzem mais toxinas pela desassimilação nos intestinos.

* Alimento acidificante. Produz ácidos fosfórico, sulfúrico e úrico, causadores de acidificação humoral e de irritações esclerosantes. As proteínas em excesso são acidificantes e mucógenas.

* Alimento desmineralizante. Os ácidos produzidos pela carne produzem desmineralização ao serem neutralizados no organismo.

* Alimento excitante. A carne é um excitante muito forte, equiparável ao álcool, devido às substâncias tóxicas e extrativas dela provenientes. A sensação de vigor é esgotante, o que faz reclamar mais excitantes (álcool, açúcar, mais carne etc). Há aparência de vigor, devido à excitação, e cria um apetite enganador, porque faz repelir os alimentos suaves. Daí a depressão inicial naqueles que abandonam o uso da carne. Devido ao seu poder excitante, que faz gastar as reservas vitais, e ao seu poder tóxico, a carne é um dos fatores da abreviação da vida.

* Alimento que contribui para o aparecimento de diversas doenças e degenerações humanas. Apendicite, arteriosclerose, artritismo, eczema, enterite, gastrite, nefrite, reumatismo, úlcera gástrica, vegetações adenóides. Transmissor de doenças contagiosas e parasitárias. Brucelose, intoxicações alimentares, salmonelose, tênia (solitária), triquinose, tuberculose. No decurso de moléstias do fígado, dos rins, dos intestinos, da pele, de perturbações nervosas, não há melhor regime do que o vegetariano.



4. Econômicas

        Do ponto de vista econômico, os cereais representam a escolha lógica como alimento principal. No Brasil, segundo dados fornecidos pelo IBGE e técnicos em agricultura (Instituto Cepa), um boi precisa de 3 a 4 hectares de terra e produz em média 210 quilos de carne, no período de 4 a 5 anos. Neste mesmo tempo e nesta mesma quantidade de terra, colhe-se, no Brasil, em média, 19 toneladas de arroz. Ou 8 toneladas de feijão; ou 34 toneladas de milho; ou 32 toneladas de soja; ou 23 toneladas de trigo. Isto sem dizer que podemos obter 2 ou até 3 safras por ano destes cereais combinados, o que evidentemente aumenta o volume da produção, e também sem considerar que a produtividade destes cereais pode ser aumentada, e muito.

        Assim, tomando por referência a proteína contida, por exemplo, no arroz (8%), comparada àquela que é encontrada na carne (18,6%), chegamos ao seguinte: se criarmos boi nas 3,5 hectares e nos 4,5 anos em média que ele precisa para estar apto a ser consumido, teremos 39 quilos de proteína. Se plantarmos arroz nesta mesma quantidade de terra e no mesmo período de tempo, obtemos 1.520 quilos de proteína. Um homem de 70 quilos consome cerca de 70 gramas de proteína por dia. Isto significa que se criarmos gado, teremos proteína para cerca de um ano e meio, enquanto que se plantarmos arroz teremos proteína para alimentar este homem por cerca de 60 anos. Dizendo de outro modo, isto representa multiplicar por 40 o número de pessoas que poderiam ser alimentadas.

        Também é digno de nota o fato de que 85% do milho produzido no Brasil destina-se à alimentação de animais. Ou seja, além de o gado produzir menos alimento, ainda consume cereais e pasto.
       
        Como regra geral é mais barato comprar proteína proveniente do reino vegetal do que a quantidade equivalente do reino animal. Mas o custo do alimento não é o único fator a ser considerado. Existem custos indiretos, inclusive custos médicos e outros ligados ao tratamento das águas, redução dos efeitos da poluição etc.



5. Estéticas

        O comércio de carne é uma das principais fontes de grosseria e brutalidade que há no mundo. O vegetarianismo promove beleza, refinamento e cultura. A comparação dos horríveis espetáculos, sons e odores de um matadouro, com a beleza e o perfume de uma horta ou de um pomar não deixa lugar a dúvidas quanto a esta questão.



6. Ecológicas

        A criação de gado devasta imensas áreas verdes naturais. O homem provoca desequilíbrio na Natureza ao alterar processos evolutivos normais de animais e vegetais. A demanda por carne barata é uma das principais causas da destruição das florestas tropicais e outras florestas em todo o mundo. Isto contribui para a extinção das espécies e a desertificação, além da poluição causada pelo dióxido de carbono. Estudos recentes realizados nos Estados Unidos revelam que o rebanho bovino é responsável por pelo menos 12% do gás metano (uma das substâncias que mais influenciam no aumento da temperatura no planeta — efeito estufa) liberado para o meio ambiente. A indústria da carne é um dos agentes mais poluidores e que mais consomem água. O solo fértil também sofre com a criação de gado, que é uma das causas de seu esgotamento.



7. Éticas
       
        Do ponto de vista ético a carne em nossa mesa implica em crueldade aos animais, bem como crueldade ao próprio ser humano, uma vez que sua produção é antieconômica e a quantidade de alimento produzido em uma mesma extensão de terra é muito menor do que quando dedicada à lavoura. Portanto, em um mundo onde a fome ainda é uma REALIDADE para grande parte da família humana, torna-se, o comer carne um hábito totalmente inaceitável.

        O homem incorre numa irresponsabilidade com relação ao sofrimento derivado do uso de alimentos em cuja composição entra a carne. Não são apenas os terrores do matadouro, mas, ainda, os horrores preliminares do transporte em caminhões, trens e navios, a privação de alimento, a sede, as longas experiências de terror que estes pobres seres têm de sofrer, para a satisfação do apetite do homem. (Besant, 1992)



8. Espirituais

        Do ponto de vista do aperfeiçoamento do corpo humano com vistas à realização espiritual, verdadeira finalidade de nossa existência, a carne também é totalmente rejeitada, seja porque não é um alimento de propriedades intrínsecas que favoreça a harmonia, o equilíbrio, o ritmo e a perseverança, que o espírito requer e busca, seja porque a compaixão, qualidade inerente ao florescer espiritual também a exclui. Por tudo isto, ou simplesmente, pelo motivo mais pessoal, porém também legítimo, de ter-se uma existência mais saudável e duradoura, a carne é invariavelmente desaconselhada.

        É difícil compreender que alguém possa associar uma conduta espiritual e um corpo puro com o consumo de carne, cuja obtenção necessariamente causa grande sofrimento físico e emocional aos animais.

        É preciso salientar, contudo, que a pureza de vida é somente um meio para um fim; a pureza do corpo, sozinha, não leva à espiritualidade, assim como um violino não pode produzir boa música por si mesmo. Alguns fazem deste princípio um fetiche e é patético ver estas pessoas confinarem à esfera da cozinha todos os seus esforços para a espiritualização de suas vidas.



9. Religiosas

        O vegetarianismo é prática muito antiga, salientado nos fundamentos das grandes religiões. Estudos realizados sobre o conteúdo dos intestinos de múmias do antigo Egito demonstram que suas dietas eram compostas basicamente de vegetais. Os egípcios são conhecidos como "comedores de pão". As verdadeiras Escolas de Mistérios possuem como um de seus preceitos a purificação, incluindo a prática vegetariana. A comunidade de Pitágoras era vegetariana, inclusive Hipócrates, o Pai da Medicina. São vegetarianos os budistas, hinduístas e os jainistas.

        Disse o Senhor Buda: "Feliz seria a terra se todos os seres estivessem unidos pelos laços da benevolência e só se alimentassem de alimentos que não implicassem em derramamento de sangue. Os dourados grãos, os reluzentes frutos e as saborosas ervas que nascem para todos, bastariam para alimentar e dar fartura ao mundo."

        No Mahabharata encontramos: "Pode haver alguém mais cruel e egoísta do que aquele que aumenta a carne de seu corpo comendo a carne de animais inocentes?" e "Aqueles que desejam possuir boa memória, beleza, vida longa com saúde perfeita, força física, moral e espiritual devem abster-se de alimentos cárneos;" e ainda: "Virtude das mais sublimes consiste em não matar animais."

        A Bíblia contém muitas passagens em defesa do vegetarianismo: "Não queiras destruir a obra de Deus por causa da comida. Todas as coisas na verdade são limpas: mas é mau para o homem que come com escândalo. Bom é não comer carne, nem beber vinho, nem coisa em que teu irmão acha tropeço, ou se escandaliza, ou se enfraquece." (São Paulo aos Romanos, 14: 20, 21); "Para as alimárias produzis o feno, E as plantas para o uso do homem." (Salmos, 103: 14); ". . . e tu terás por sustento as ervas da terra." (Gênesis: 3: 18); "Eis aí vos dei eu todas as ervas, que dão as suas sementes sobre a terra; e todas as árvores que têm as suas sementes em si mesmas, cada uma segundo sua espécie, para vos servirem de sustento a vós." (Gênesis: 1, 29). Comunidades cristãs primitivas foram abstêmias de carne, como os Essênios, Nazarenos, Terapeutas, Gnósticos, e outras ordens, como os Trapistas da França.

        Platão, Plotino, Porfírio e os neoplatônicos defendiam o vegetarianismo. Clemente de Alexandria escreveu sobre o "estúpido costume de comer muito e alimentos cárneos." É seu o dito: "Muitos homens vivem para comer, mas o verdadeiro sábio come para viver."

        Confúncio disse: "Pudesse todo aquele que ouvisse o grito de um animal sendo morto jamais comer de sua carne."


Como ser um bom vegetariano

        Embora a alimentação seja um fator importante para mantermos a saúde, ela não é o bastante por si só. Se uma pessoa é vegetariana, mas não toma sol e passa a vida sentada em ambientes confinados, se não mastiga direito, abusa de doces, de alimentos fritos ou gordurosos ou se, além disso, fuma ou usa bebidas alcoólicas (o que é raro entre os vegetarianos), ou, ainda, entrega-se a trabalhos excessivos e passa noites mal dormidas, evidentemente o seu vegetarianismo não valerá muito. Além disso, o fator moral e o equilíbrio sexual e emocional desempenham papel importantíssimo na saúde física e mental do indivíduo.

        Ser um bom vegetariano não é, simplesmente, suprimir o uso da carne. É necessário ter-se conhecimentos gerais acerca da Ciência da Nutrição, a qual, embora em desenvolvimento, já nos fornece um conjunto de conhecimentos fundamentais.


Outros pontos importantes a serem considerados

* Coma calmamente, em ambiente tranqüilo e aprazível tanto quanto possível. Se estiver muito apressado, ansioso ou nervoso é melhor não fazer a refeição ou comer o mínimo.

* Mastigue bem os alimentos. Na saliva estão contidas enzimas (ptialina) essenciais ao processo digestivo.

* Não beba, ou beba o mínimo durante as refeições.

* Evite comidas e bebidas muito quentes ou geladas, elas também perturbam a digestão.

* Procure com bom senso e gradualmente aplicar a seguinte regra genérica: utilizar alimentos crus, naturais e integrais, de fontes vegetais e não animais, e evitar alimentos cozidos, industrializados e refinados.

* Não misture muitos alimentos numa mesma refeição. Como disse Hipócrates, "os manjares muito variados e diferentes guerreiam entre si no corpo, porque um já está digerido enquanto que o outro ainda não está."

* Procure aumentar seus conhecimentos científicos a respeito da nutrição. É melhor um conhecimento deficiente que nenhum.

* Procure andar calmamente após as refeições. Sempre que possível busque estar ao ar livre, bem como banhar-se ao sol, ainda que por poucos minutos, de preferência na primeira parte da manhã ou à tarde, com sol não muito forte.

* Ao mudar qualquer hábito alimentar, sobretudo ao tornar-se vegetariano, faça-o progressivamente. Mesmo que seja apenas a mudança para o pão integral ou coisas simples assim, inicie com pequenas quantidades e aumente segundo sua tolerância.

* Principais vícios do vegetarianismo desinformado: excesso de comidas fritas e gordurosas e excesso de massas, farinhas e doces.


O que disseram grandes homens

"Nada beneficiará tanto a saúde humana e aumentará as chances de sobrevivência da vida na terra quanto a evolução para uma dieta vegetariana. A ordem de vida vegetariana, por seus efeitos físicos, influenciará o temperamento dos homens de uma tal maneira que melhorará em muito o destino da humanidade."

Albert Einstein



"Quanto mais o homem simplifica a sua alimentação e se afasta do regime carnívoro, mais sábia é a sua mente."

George Bernard Shaw



"Sinto que o progresso espiritual requer, em uma determinada etapa, que paremos de matar nossos companheiros, os animais, para a satisfação de nossos desejos corpóreos."

Gandhi



"Muito pouco da grande crueldade mostrada pelos homens pode ser atribuída realmente a um instinto cruel. A maior parte dela é resultado da falta de reflexão ou de hábitos herdados. As raízes da crueldade, portanto, não são tão fortes quanto difundidas."

Albert Schweitzer



"Tempo virá em que os seres humanos se contentarão com uma alimentação vegetariana e julgarão a matança de um animal inocente como hoje se julga o assassínio de um homem."

Leonardo da Vinci



"Se o homem aspira sinceramente viver uma vida real, sua primeira decisão deve ser abster-se de comer carne e não matar nenhum animal para comer."

Leon Tolstoy



"Há muito de verdade no dito de que o homem se torna aquilo que come. Quanto mais grosseiro o alimento tanto mais grosseiro o corpo."

Ghandi



"A carne é o alimento de certos animais. Todavia, nem todos, pois os cavalos, os bois e os elefantes se alimentam de ervas. Só os que têm índole bravia e feroz, os tigres, os leões etc. podem saciar-se em sangue. Que horror é engordar um corpo com outro corpo, viver da morte dos seres vivos."

Pitágoras



"Os animais são meus amigos . . . e eu não como meus amigos."

Bernard Shaw



"Pudésseis viver do perfume da terra e, como uma planta, nutrir-vos de luz."

Gibran Khalil Gibran



"Se quisermos nos libertar do sofrimento, não devemos viver do sofrimento e do assassínio infligidos a outros animais."

Paul Carton



"Quando um homem mata um tigre chamam a isso esporte; quando um tigre mata um homem, chamam a isso ferocidade."

Bernard Shaw



"O homem implora a misericórdia de Deus mas não tem piedade dos animais, para os quais ele é um deus. Os animais que sacrificais já vos deram o doce tributo de seu leite, a maciez de sua lã, e depositaram confiança nas mãos criminosas que os degolam. Ninguém purifica seu espírito com sangue. Na inocente cabeça do animal não é possível colocar o peso de um fio de cabelo das maldades e erros pelos quais cada um terá de responder."

Gautama Buda



"A estrutura do homem, externa e interna, comparada com a de outros animais, mostra-nos que as frutas e os vegetais suculentos constituem sua alimentação natural."

Lineu



"O comer carne é a sobrevivência da maior brutalidade; a mudança para o vegetarianismo é a primeira conseqüência natural da iluminação."

Leon Tolstoy



"Que luta pela existência ou que terrível loucura vos levou a sujar vossas mãos com sangue — vós, repito, que sois nutridos por todas as benesses e confortos da vida? Por que ultrajais a face da boa terra, como se ela não fosse capaz de vos nutrir e satisfazer?"

Plutarco



"Credes, ó mortais, que poluís vossos corpos com um alimento tão abominável."

Pitágoras



"Os vegetais constituem alimentação suficiente para o estômago e, no entanto, recheamo-lo de vidas valiosas."

Sêneca




Vegetarianos, frugivoros e crudivoros

Annie Besant, Beethoven, Bernard Shaw, Bircher-Benner, Bob Dylan, Buda, Byron, Carl Segan, Confúncio, Cuvier, Edward Carpentier, Empédocles, Epicuro, Gandhi, George Harrison, Goethe, Haekel, H.G.Wells, Isaac B. Singer, Jâmblico, Jesus, John Kellog, Khalil Gibran, Krishnamurti, Lady Dowding, Lao Tsé, Leibniz, Leonardo da Vinci, Lineu, Maeterlinck, Mahavira, Martina Navratilova, Milton, Orígenes, Ovídio, Pascal, Paul Carton, Paul e Linda McCartney, Pitágoras, Platão, Plotino, Plutarco, Porfírio, São Clemente de Alexandria, São Jerônimo, São João Crisóstomo, Sêneca, Shankaracharya, Schoppenhauer, Shelley, Spencer, Sócrates, Sylvester Graham, Tertuliano, Thoreau, Tolstoy, Voltaire, Xenofonte, Zoroastro.

 
Curiosidades

* Os animais mais fortes da terra, tais como os elefantes, os macacos, os cavalos e os bois, são todos vegetarianos.

* Os vegetarianos conquistam recordes atléticos.

* Milhões de pessoas na Índia e em outros países vivem, desenvolvem-se e multiplicam-se há milhares de anos sem provar carne de espécie alguma.

* Os únicos animais que vivem mais do que o homem, as tartarugas gigantes de Galápagos e das Ilhas Seychelle, são vegetarianos.

* O mamífero que tem vida mais longa, além do homem, é o elefante, um vegetariano.

* Os papagaios, que detêm o recorde de longevidade entre os pássaros, são vegetarianos.

* Os parentes mais próximos do homem, os grandes macacos, são vegetarianos.

* Os vegetarianos têm descontos no seguro de vida na Inglaterra.

* Todas as escolas da Inglaterra oferecem a opção de refeições vegetarianas.

* Os açougueiros não podem participar de júris criminais nos Estados Unidos.

 
Finalizando

        Aquele que se preocupa realmente em melhorar a si mesmo e com o destino da humanidade não se satisfaz apenas com teorias. Sente necessidade de promover mudanças positivas que influenciem a ordem do mundo. Isto significa que devemos mudar CONCRETAMENTE nossas vidas naquilo que vamos percebendo como o melhor, e não ficar apenas no proselitismo.

        Disse o Senhor Buda que não devemos crer em algo meramente porque seja dito; nem em tradições porque vêm sendo transmitidas desde a antigüidade; nem em rumores; nem em textos de filósofos, porque foram estes que os escreveram; nem porque pareça ser uma necessidade lógica; nem devemos crer na mera autoridade de nossos instrutores ou mestre. Entretanto, devemos crer quando o texto, a doutrina ou os aforismos forem corroborados pela nossa própria razão e consciência. "Por isso," disse o Buda, ao concluir, "vos ensinei a não crerdes meramente porque ouvistes falar, mas, quando houverdes crido de vossa própria consciência, então deveis agir de conformidade e intensamente."


Bibliografia

André, Jacqueline. Vegetarismo e Saúde. Editora Manole Dois, São Paulo, 1990.

Besant, Annie. Vegetarianismo e Ocultismo. Editora Teosófica, Brasília, 1992.

Hodson, Geoffrey. Saúde e Espiritualidade — Uma Visão Oculta da Saúde e da Doença. Editora Teosófica. Brasília, 1993.

_____The Case for Vegetarianism. The New Zealand Vegetarian Society Inc.

____ Radiant Health — From a Meat-Free Dietary. The New Zealand Vegetarian Society Inc.

Lyra, Alberto. Doente: Ajuda teu Médico. Editora Record, Rio de Janeiro, 1973.


Revistas e artigos

Dullius, Jane. Fundamentos do Vegetarianismo. Porto Alegre, 1988.

Síntese Anual da Agricultura de Santa Catarina 1990-91. Instituto Cepa/SC, Florianópolis, 1991.

Sisson Filho, Arnaldo. Vegetarianismo — Chave para a Saúde e a Felicidade. Porto Alegre, 1981.

Swami Abhedananda. Porque o Hindu é Vegetariano. São Paulo, 1943.

Vida & Saúde. Vegetarianismo. Fevereiro 1979.


Informações e correspondência

        Se você deseja aprofundar algum aspecto daquilo que foi aqui apresentado, ou outras informações, escreva para o endereço abaixo que ficarei contente em responder, dentro, naturalmente, de meus limites.


Marly Winckler

Caixa Postal 08646

70312-970 Brasília DF Brasil

E-mail: mwinckler@zaz.com.br



Em São Paulo procure a TAPS — Associação Brasileira de Tecnologia Alternativa na Promoção da Saúde.

Caixa Postal  20.396     CEP  04041-990  São Paulo  SP

Tel.: (011) 572-0466

Total de visualizações de página