''O QUE PODEMOS FAZER PARA QUERER FIRMEMENTE AQUILO QUE RECONHECEMOS SER O MELHOR PARA NÓS E PARA NOSSA ESPÉCIE?''

3 de abr de 2010

Dicas gerais para uma boa alimentação - 1

Mastigar sempre prolongadamente os alimentos, principalmente os grãos.
(na macrobiotica é recomendavel mastigar cada porção mais de 60 vezes!, porem eu recomendo seguir a frase: ''mastigar os líquidos e tomar os sólidos'', ou seja, a digestão começa pela boca, nossa boca é dotada de saliva pra isso, mastiganda a comida até ela virar uma papa ja estará concluindo parte do ciclo disgestivo com eficiencia)

Não comer em demasia.
(morrerm mais pessoas obesas do que pessoas que não comem)

Não ingerir líquidos durante as refeições:
(a agua é um diluidor universal, dedeuza o que ela fara com certos ácidos, organismos , enzimas e nutrientes dentro de voce, sera que terá uma boa absorção? Faça uma experiencia, pegue seu almoço, 1 copo americano de água e bata no liquidificador de modo grosseiro, e dps ponha em seu prato. é +- daquele jeito que a comida fica dentro de vc, faça experiencia com mais coisas e verá o quanto nao é natural continuar com esse habito negativo)

Evitar deitar-se após as refeições:
(é sempre bom realizar caminhadas bem curtas e tranquilas, após a ingestão substancial de alimentos. Quando deitamos o organismo vai precisar forçar mais a movimentação alimentar, melhor é ficar de pé ou com tronco ereto).

Consumir sucos de frutas apenas após o preparo:
(os sucos guardados, mesmo em geladeiras, perdem praticamente todas suas qualidades, em média em 15 minutos o suco fica praticamente sem nutrientes vivos, eles oxidam e fermentam.

Acostumar desde cedo as crianças a apreciarem o paladar natural dos alimentos, sem habituá-las ao hiperestímulo do açúcar branco, salgados, ao excesso de temperos
(mesmo em vegetais!) e às guloseimas artificiais inventadas pelos carteis industriais em conjunto com outros*

Durante as refeições, procurar manter o silêncio, a concentração, a positividade e a tranquilidade:
(comer em sombra fresca, ao ar puro, sentindo o gosto do que poe na boca, com calmaria é a melhor coisa!)

Comer apenas quando tiver fome:
(forçar o organismo é mais prejudicial que a falta circunstancial de alimentos. Isto serve principalmente para as crianças, desde que sua inapetência não seja prolongada. Há ocasiões em que o organismo rejeita os alimentos para poder reciclar-se energeticamente. Quando uma criança recusa-se a comer, respeite-a, ela nao sera prejudicada, pelo contrario, se beneficiará, pois existem ciclos de crescimento, e o corpo esta em processo de criações/regenerações altas.)

Alimentar-se apenas de produtos agradáveis:
(forçar a ingestão de produtos que não agradem ao paladar produz bloqueios enzimáticos e conseqüente perturbação da digestão)

SE FOR, Fazer refeições bem leves pela manhã com recomendação de apenas liquidos:
(Não fazer refeições pesadas à noite, notadamente antes de dormir; isso resulta em cansaço orgânico e envelhecimento precoce, existem certos ciclos a serem seguidos se quisermos tem uma otimização de saude geral)

Evitar feijões e alimentos preparados há muito tempo, principalmente guardados na geladeira.

Comer a maior variedade de frutas possiveis isoladamente, tendo noção de certas combinações alimentares básicas.

Nenhum comentário:

Total de visualizações de página