''O QUE PODEMOS FAZER PARA QUERER FIRMEMENTE AQUILO QUE RECONHECEMOS SER O MELHOR PARA NÓS E PARA NOSSA ESPÉCIE?''

3 de abr de 2010

Trecho do Livro Dr Soleil Você sabe se Alimentar? >> O Desjejum

O DESJEJUM

Muitas pessoas acreditam que um café da manhã farto é indispensável no início do dia para fornecer ao corpo a energia necessária para seu bom funcionamento. Nada mais errado!

Na verdade, podemos dividir o dia em 3 fases:

- das 04h às 12h (aprox.): ELIMINAÇÃO

- das 12h às 20h: CONSUMO

- das 20h às 4h: ASSIMILAÇÃO

Para facilitar a eliminação, o ideal é beber e comer frutas aquosas durante a manhã e só consumir alimentos mais consistentes depois. Muitas pessoas atribuem o bem-estar que sentem depois de um copioso café da manhã à energia que dão os alimentos. De maneira nenhuma! A refeição, bloqueando o processo de eliminação, proporciona um "bem estar falso", devido o fechamento das portas pelas quais o corpo faz sair as toxinas acumuladas! Além disso, os alimentos e bebidas industrializados (pão, manteiga, geléia, café, etc) agridem o organismo. A mobilização dos mecanismos de defesa e desintoxicação provoca uma estimulação geral (pela ativação do sistema simpático) sentida de maneira agradável.

Quanto mais intensa for essa reação, mais intenso será o cansaço brusco sentido no meio da manhã! Daí a tendência de consumir, por volta de 10h ou 11h, alimentos ou bebidas estimulantes. Criamos assim um círculo vicioso que aos poucos esgota o organismo.

Muitas pessoas chama de "fome" a vontade de comer que sentem ao despertar. Essa vontade nada mais é que o desejo de suprimir os sintomas do trabalho de eliminação dos órgãos excretores (pelo, pulmão, fígado, rins, intestino). Por isso, sentir-se bem ao levantar é um sinal de boa saúde, que mostra que o organismo não tem muitas toxinas a eliminar.

Os sintomas de mal estar ao acordar mostram a sobrecarga das funções de eliminação. Não se trata, portanto, de eliminar esses sintomas, mas ajudar o corpo bebendo bastante água e sucos naturais, comendo frutas cruas, fazendo ginástica, yoga ou esporte, ou ainda, esfregando a pele com uma bucha vegetal."

Extraido do Livro: Você sabe se alimentar? - Dr. Soleil


Minha opinião: 
Eu sinto que as vezes quando acordo com vontade de comer é porque estou passando por um desejo e não uma necessidade, e devo ficar atento a isso, ja que a muitos anos meu habito matinal é não comer alimentos fibrosos ou ''pesados'', sendo a maioria das vezes suco, salada de frutas ou alguma fruta isolada.
Mas realmente a rotina, da maioria das pessoas que foi criada com café com leite e pão, fica demasiadamente enraizada e se duvidar passamos por toda vida fazendo as mesmas coisas...
Não podemos ser escravos de nossos desejos, quem não consegue viver sem um ''café da manha'', aparenta estar numa rotina e sabemos que criar rotinas, principalmente alimentares, não é saudável, principalmente quando os alimentos são na maioria das vezes não são muito saudáveis assim.
A questão é a rotina e não o desfrute regular de uma bebida quente num dia frio, ou um alimento saboroso numa manha fresca de férias, nada de extremos.
Uma das coisas que eu adoro fazer pela manha é acordar com a luminosidade natural do amanhecer(janela aberta), me espreguiçar muito bem(como um felino), respirar várias vezes bem profundamente(tipo pranaiama), tomar água(líquido vital), ir ao banheiro(eliminação), olhar o céu(ligar as percepções), as vezes aguar as plantas, arrumar algumas coisas, ler, e só depois, dependendo do dia, eu como alguma coisa.
Realmente parece difícil, por conta da acelerada rotina de cada um, aderir a essa prática, mas se você esta enfrentando problemas diversos na vida, nada como quebrar a rotina e descobrir que não ingerir automaticamente logo ao acordar pode ser simplesmente ótimo, mesmo que você ''ame'' isso, na verdade é melhor amar a vida em si e estar aberto a ela, e não confundir o amor à vida, ao amor ao vício e ao hábito.
Bastando passar por alguns dias praticando e dentro de no máximo 1 semana você estará livre dos sintomas ''pós-quebra de rotina'' ou ''desintoxicantes''. Você cria uma mini rotina para remover a grande rotina, e depois passa a ser livre dos pseudo-sintomas como dor de fraqueza, vertigem, queda de pressão, etc. Essa fraqueza ou estranheza ocorre pois o corpo vai sentir falta do hábito, ele se adapta a tudo, inclusive a maus hábitos, acredite isso passa e você saberá sentir muito mais o corpo.
Vai sentir uma mudança na sua eliminação e no seu desempenho matinal, vai começar a querer almoçar mais cedo também, caso você tenha uma rotina que exija força física, vai sentir vontade de almoçar mais cedo.
Mas nada melhor como trocar os alimentos lipídicos refinados, que são gorduras ruins super calóricos, como manteigas, leites, yorgute colorido adoçado, pão branco, o açucar branco que é estimulante e causam toxidade e dependência a longo prazo, por alimentos ricos em água, glicose de fruta que é o açúcar natural principal alimento de suas trilhões de células, ingerir enzimas de um alimento vivo e diversas substancias que ajudam imensamente o cuidado com sua saúde.
É isso, minha simples opinião.

Não cuide de sua doença, cuide de sua saúde

Um comentário:

Anônimo disse...

Gostei desse blog, já está em meus "Favoritos". viver de forma natural é bom, todos sabem, mas no dia a dia a coisa nem sempre é como a gente gostaria que fosse, todos temos umas fraquezas aqui, outras ali... É sempre bom ler e reler sobre o assunto, precisamos de incentivo até a total tomada de consciência (espero que esteja próxima!)Abraços!

Total de visualizações de página