''O QUE PODEMOS FAZER PARA QUERER FIRMEMENTE AQUILO QUE RECONHECEMOS SER O MELHOR PARA NÓS E PARA NOSSA ESPÉCIE?''

30 de jul de 2010

Reações recuperativas - Urinoterapia

REAÇÕES RECUPERATIVAS

As Reações Recuperativas podem incluir um agravamento dos sintomas, mas a aparente recaída é necessária para a cura. Nesse período o corpo passa a eliminar toxinas acumuladas e doenças que foram reprimidas mas não curadas pelos medicamentos tradicionais. A Urinoterapia não suprime nem reprime as doenças, ao contrario, as expõe para remover suas causas. Podem ocorrer diarréia, fadiga, queda de pressão, abscessos, alergia, comichões, erupções, aftas, febre, prisão de ventre, secreção nos olhos, nas mamas ou na vagina, sensações estranhas no estômago ou no intestino. Em qualquer caso é bom aceitar as reações com alegria e gratidão e não se preocupar pois são sinais de que a cura está a caminho. 

ASPECTOS PSICOLÓGICOS

O tratamento com a URINOTERAPIA toca no “centro do orgulho” enfraquecendo-o ; paradoxalmente, aumenta o grau de auto-aceitação da pessoa, que ao tomar a própria urina, está deixando de negar aspectos seus que considerava sem valor ou repugnantes e se responsabilizando por eles. A auto-aceitação cura a maior parte dos problemas psíquicos e, se é autêntica, não significa comodismo, mas ausência de conflitos consigo. Outros aspectos importantes da atuação da URINOTERAPIA nesse nível psíquico, são a quebra de condicionamentos mentais e a simplificação de conceitos. 

O que é urina?

Por Marco. 2ª parte

Ainda citando a Denise Gontijo Machado:
A urina é formada nos rins por uma filtragem do sangue.
Antes de ser filtrado pelos rins o sangue passa pelo fígado, que lhe extrai as toxinas e as descarta por meio da bile, jogada no intestino.
A função dos rins é de manter o equilíbrio das substâncias no sangue e controlar a quantidade de água no corpo, e não, como usualmente se acredita, a de eliminar toxinas - trabalho executado pelo fígado.
A urina, portanto, é um produto puro do sangue e não um amontoado de elementos tóxicos; ela não é um dejeto como as fezes.
Noventa e nove por cento do líquido filtrado pelos rins é reabsorvido e volta a circular no sangue; só 1% desse líquido, mais ou menos um litro e meio, é diariamente excretado pelos rins, armazenado na bexiga e expelido como urina.
A urina é constituída de 96% de água e 4% de elementos orgânicos e inorgânicos.
São compostos inorgânicos: cloreto de sódio e outros sais de cloro, sais de enxofre, fosforo, sódio, potássio, calcio, magnésio, cobre, fluor, iodo, ferro, zinco, ácido fosfórico e ácido sulfúrico.
Alguns dos compostos orgânicos: uréia, creatinina, amônia, ácido úrico, albumina e outras proteínas, além de 21 espécies de aminoácidos, aminas e ácidos orgânicos.
Hidratos de carbono: cetoácidos, ácido lático e ácido úrico.
Vitaminas A, B, C e E e ácido pantotênico.
Hormônios: hipofisários, sexuais, prostaglandinas, ADH entre outros. 

USOS MEDICINAIS DA URINA

Muitas substâncias utilizadas em tratamentos são extraídas da urina: a alantroína, que ajuda na cicatrização das feridas e é ótimo anti-rugas; as globulinas, em especial as imunoglobulinas, que são anticorpos; a uréia, responsável pela capacidade bactericida da urina e pela ação inibidora do bacilo da tuberculose; a uroquinase, enzima vasodilatadora, que ajuda a evitar tromboses; o 3-metilglioxal, que destrói células cancerosas.
Quando o corpo está intoxicado, os rins não conseguem trabalhar com eficiência e deixam ir embora muitas substâncias necessárias.
Quando se pratica a URINOTERAPIA esses elementos vitais são respostos.
A URINOTERAPIA não tem contra indicações, nem mesmo se a pessoa está com infecção urinária.
A urina não é veneno – essa idéia é um equivoco de sociedades industrializadas que perderam contato com a sabedoria da natureza. 

OBJEÇÕES À URINOTERAPIA

A mais comum objeção é que algo eliminado pelo corpo, não pode ser bom para ele.
Observe a natureza e veja que as folhas mortas adubam a terra e são essenciais para a saúde das árvores.
A natureza não desperdiça nada, nós e que não a compreendemos.
Os constituintes da urina são muito úteis para nosso corpo.
Seus componentes considerados tóxicos (uréia e ácido úrico por exemplo) encontram-se também no sangue e na diluição em que aparecem na urina, não são perigosos.
Outra objeção é que o gosto da urina é repugnante.
Isso só é verdade quando o organismo está intoxicado.
Depois de começar o tratamento o gosto vai ficando mais e mais inofensivo.
Se inicialmente for muito ruim, pode-se misturar outro líquido à urina, suco de laranja, chá, própolis ou mesmo água.
Outro procedimento auxiliar é tomar muito líquido, o que dilui o sabor da urina.
Como há registro de curas de animais pela ingestão de urina, o argumento de que seria mera auto sugestão, não procede.
Não é mais citado pela medicina, por não dar lucro. 

COMO PRATICAR A URINOTERAPIA

Denise Gontijo Machado ensina:
Há várias maneiras de praticar a URINOTERAPIA:
1 - Beber a urina, uma vez por dia, ao acordar.
2 - Beber a urina várias vezes por dia, segundo o instinto indicar.
3 - Fazer um jejum completo, tomando apenas água e toda urina vertida.
4 - Friccionar o corpo todo com urina, principalmente a cabeça, o rosto, o pescoço e os pés.
5 - Aplicar compressas - panos embebidos com urina - nas áreas acometidas por tumores, bolhas, feridas, inchaços ou queimaduras.
6 - Tomar banhos de imersão em água misturada à urina eliminada nas últimas 8 ou 9 horas.

A modalidade mais branda é a primeira: estimula a regeneração e a purificação do organismo.
Recomenda-se tomar um copo de 200 ml da primeira urina da manhã, fresca, pois ela contém o hormônio ADH que é antibiótico, analgésico, ativador da circulação e estimulante da secreção de outros hormônios.
Entretanto se o corpo estiver muito intoxicado essa primeira urina é difícil de tomar, pois tem gosto e odor fortes.
Pode-se mistura-la com suco de laranja, com própolis ou ainda diluí-la em água.
OU, em ultimo caso, pode-se tomar a segunda urina da manhã, que tem gosto mais suave. 
 À medida que o corpo se desintoxica, fica mais fácil passar para a segunda modalidade: tomar urina várias vezes ao dia. Isso é feito sem dificuldade depois da depuração do organismo.
A terceira modalidade, mais drástica, é indicada em casos graves, pois provoca intensa e rápida reação: consiste em jejum a base de água e urina. Diz-se que o efeito de 10 dias desta modalidade corresponde ao de três meses da primeira. É bem mais fácil jejuar quando se toma a urina, pois ela é nutritiva e diminui a fome.
A quarta modalidade é indicada em erupções cutâneas, psoríases, eczemas, dermatite seborréicas, micoses e outras doenças de pele. Já que a urina contém aminoácidos, hormônios, vitaminas e outras substâncias vivas, ela regenera a pele. Tais substâncias ativam e estimulam o corpo, incrementando seu poder de auto-cura. A urina armazenada tem mais poder do que a fresca, quando se trata de pele. A uréia dissociada por enzimas, transforma-se em amônia, poderoso germicida. Pode-se guardar a urina em um recipiente de vidro e deixa-la em repouso por sete dias, antes de aplica-la. Mas, nesse caso, seu cheiro é bem desagradável.
Quanto às compressas de urina, a quinta modalidade, Armstrong relata casos de desaparecimento de tumores cancerígenos por meio da combinação de compressas com o jejum absoluto e a ingestão de toda urina vertida.
A sexta modalidade é indicada para revitalizar ou regenerar a pele. 

Ainda com a palavra a Denise:

Outra forma de utilizar esse medicamento poderoso é dilui-lo (um a 3 copos por litro de água) e irrigar a vagina para tratar corrimentos e infecções (usando-se uma seringa), ou fazer lavagens intestinais para tratar diarréia , constipação ou infecções intestinais. Pode também se aplicado com contagotas nos olhos e nos ouvidos no caso de infecções e outros problemas.

DINAMIZAÇÃO:

Para quem tem muita dificuldade em ingerir a própria urina pode-se dinamiza-la como se faz com medicamentos homeopáticos.
Você pode preparar seu próprio medicamento:
1 - Separe dez garrafinhas e encha-as com 3/4 de água.
2 - Coloque algumas gotas de urina na primeira, tampe-a e agite 100 vezes.
3 - Pingue uma gota dessa mistura na segunda, tampe-a e agite 100 vezes.
4 - Repita esse processo até a décima garrafa.
5 - Tome 5 gotas da última mistura, 3 vezes ao dia.
Medicamentos dinamizados costumam atuar mais nos pensamentos e emoções do que no físico; logo, se a enfermidade que se tratar é física, é melhor ingerir a urina pura.

informações sobre Urinoterapia

por Marco, comunidade do orkut ALIMENTAÇÃO CONSCIENTE

Como comecei a pesquisar a URINOTERAPIA?
Vou lhe contar pelo menos uma parte da história: um de meus alunos me enviou um e-mail perguntando sobre a carência da vitamina B12 que é tão comum para quem é vegetariano, vegan ou crudivorista.
Como detesto respostas autobiográficas (fundamentadas apenas em uma experimentação isolada) fui pesquisar mais o assunto.
Acontece que a vitamina B12 é feita por uma bactéria e não pode ser produzida por plantas ou animais.
Sua deficiência PODE causar manchas brancas na pele, diminuição do fôlego diante de pequenos esforços físicos, retardamento do crescimento em crianças, tremores na pálpebra, perda de memória e desorientação, alguns tipos de dores de cabeça, perda parcial da visão (ou embaça mento do foco central da visão), irritabilidade, depressão e mudanças de personalidade, fadiga extrema independente da quantidade de sono a cada dia e inclusive algumas formas de paralisia.
Algumas das moléstias neurológicas causadas a partir da deficiência dessa vitamina podem ser devastadoras e irreversíveis.
Como sofri uma manifestação de AGT (Amnésia Global Temporária) aprofundei minhas pesquisas a respeito. 
Além dos alimentos vegetais não poderem ser considerados fonte da vitamina B12, em alguns casos a ingestão de algas ou spirulina pode inibir o metabolismo da vitamina B12 e causar uma deficiência.
Isso acontece porque há um fator intrínseco: é necessária uma glicoproteína produzida no estomago para que haja absorção da vitamina B12 e a ausência dessa proteína pode causar deficiência.
O Dr. Graham adverte que essa deficiência pode ocorrer até em pessoas que comem carne e não apenas em crudívoros.
Isso ocorre por fatores contidos no próprio alimento que inibe sua absorção.
Por exemplo, ovos contêm vitamina B12, mas também contém um fator que bloqueia sua absorção.
Há referências que os primatas obtêm vitamina B12, de três maneiras observáveis: primeira: embora sejam crudivoros, ingerem alguns insetos e alguns pequenos roedores de quando em quando; segunda: ingerem alimentos vegetais sem lavá-los e; terceiro: de vez em quando comem suas próprias fezes (o que alguns roedores também fazem).
É interessante observar que quando se examinam as fezes de pessoas que têm deficiência da vitamina B12, essa vitamina é encontrada.
A razão para isso, segundo o Dr. Gabriel Cousens, é que nosso organismo produz B12 a partir das bactérias que temos em nosso intestino grosso, mas infelizmente na área do intestino em que ela é produzida, não há mais absorção.
O Dr. Herbert presenciou uma pesquisa na Inglaterra em que voluntários vegans que passavam pela deficiência dessa vitamina, se recuperaram ingerindo extratos obtidos de suas próprias fezes.  
Mas argh! Isso sempre me pareceu muito doido e, com certeza, não tinha nada a ver com minha busca de uma alimentação mais próxima da natureza e daquilo que Deus quer para nós humanos.
Foi então que encontrei na net um debate a respeito e, pasme, um dos médicos presentes informou que em uma determinada região da áfrica os habitantes não tinham deficiência de B12 e passaram a ter quando foram evangelizados.
Pasmem a razão encontrada para isso é que deixaram de praticar o sexo oral!
Ora, que coisa maluca! O que uma coisa poderia ter a ver com outra?
Foi então que me lembrei da URINOTERAPIA que é uma forma de terapia que foi (e ainda é) muito praticada em diferentes regiões de nosso planeta.
Segundo Denise Gontijo Machado em seu excelente livrinho URINOTERAPIA – Uma alternativa simples para tratamentos de saúde, publicado no Brasil pela Irdin Editora, a URINOTERAPIA era utilizada na Índia, no Tibete, Egito, Grécia Antiga e nas civilizações Inca, Maia e Asteca.
Bom, minha curiosidade foi aguçada e comecei a pesquisar o assunto, inclusive importando alguns livros a respeito.
Pretendo compartilhar neste tópico, parte do que aprendi e que acho, pode ser relevante para quem esteja em busca da saúde.

Convido os participantes de nossa comunidade a acrescentarem suas contribuições a este tópico para o bem de nossa comunidade. 

Segundo a Denise, no Nordeste do Brasil, onde há faltas de recursos médicos, a tradição popular recomenda a aplicação da urina de crianças para doenças de pele, urticárias e queimaduras por venenos de animais, como taturanas e aguas vivas.
O uso abusivo de medicamentos enfraquece o organismo e pode conduzi-lo a deficiências imunológicas, o que, por sua vez, gera dependência de medicamentos cada vez mais fortes.
O corpo funciona como um laboratório de analgésicos, antibióticos e até mesmo de certos hormônios que podem curar ou prevenir enfermidades.
A urina, é um medicamento natural que nosso laboratório biológico inteligentemente produz, capaz de reequilibrar o organismo, estimulando suas funções de eliminação e defesa, e devolvendo-lhe a vitalidade perdida.  



29 de jul de 2010

energia

nomes diversos?

energia Ódica, energia Radiante, Arane , eletromagnetica, Orgânica, pneuma, ki, chi, tao, orgone, prana, luz, vibração, deus, mana, orenda, baraka, ruach, archaeus, poder, etc

tecnicas?

Yoga e vertentes, Reiki, Jin Shin Jyutsu, JohRei, Do in, Falun Gong, Cura Pranica, programas de respiração, mantras, etc

Terapias?

...

25 de jul de 2010

Vegetarianismo


Não se deve retornar à dieta de carne, se o organismo já de acostumou à vegetariana. Só pode haver exceções por causa da fome; mas geralmente um punhado de grãos de milho ou de arroz pode ser encontrado. As pessoas com freqüência não suspeitam como a carne pode limitar e desfigurar a aura. Mas a perturbação pode ser sentida especialmente quando o organismo já se acostumou às vantagens da dieta vegetariana. As pessoas às vezes discernem menos de que os animais em relação ao alimento e sua qualidade. Tal pensamento é útil no caminho para o Mundo Ardente. (Morya – Mundo Ardente II; 408)

O refinamento do coração aconselhará a abstinência da alimentação carnívora. Além disso, a compreensão do Mundo Sutil não somente mostrará o dano de assimilar produtos em decomposição, como também revelará que tipos de vizinhos são atraídos pela decomposição. Verdadeiramente, é difícil decidir onde está o dano maior, se na ingestão ou atração dos hóspedes indesejáveis pela carne, até as carnes secas e defumadas, que são relativamente menos prejudiciais, atraem, contudo, pelo seu cheiro, entidades famintas procedentes do Mundo Sutil, e se elas são saudadas por palavras abomináveis, resulta a mais prejudicial companhia. Como tendes ouvido, são muitos os que tomam alimento em silêncio, ou melhor, acompanhando-o de conversações elevadas. Por certo, qualquer putrefação é inadmissível, e até os legumes não deve ser permitida a decomposição. As pessoas necessitam de pouco – duas frutas, um pouco de cereais e leite. Assim, pois, as pessoas podem purificar-se não só internamente, como também livrar-se de muitos vizinhos. Não é, pois, necessário, para os médicos que estudam os meios de combater os câncer e as pedras na vesícula, prestar atenção a esta profilaxia elementar? As pessoas falam de perfumes e incenso. Entretanto, certos venenos igualmente são aromáticos, mas matam a consciência! Este estudo também não deve ser esquecido. (Morya – Coração; 331)
A Fala

“Os ensinamentos espirituais colocaram grande ênfase em saber o uso apropriado dos órgãos dos sentidos e em aplicar esse entendimento na sua vida diária.”

“Cada órgão dos sentidos dado aos seres humanos possui um uso específico, mas a língua é dotada de duplo poder.
Esta possui o poder da fala e o poder da degustação.
Na Gita, o Senhor o adverte para ser muito cuidadoso no uso de sua língua.”

“A fala tem seu próprio e poderoso impacto na mente e em todo o processo mental. Possui um poder tremendo.
Pode desorientar sua mente. Pode partir seu coração. Pode até mesmo matá-lo.
Pode também dar a vida e o encorajamento e ajudá-lo a alcançar seu objetivo divino.
Estes são resultados opostos entre si e contraditórios, ambos produzidos pela palavra falada.”

“Vocês não devem falar muito. A energia divina que está em vocês será desperdiçada no processo.
Por se ocuparem em demasiada conversação, seu poder de memória será reduzido e a fraqueza será desenvolvida em seu corpo.
Envelhecimento precoce será o resultado final. Além disso, vocês terão também um mau nome.”

“A causa mais comum do envelhecimento precoce e da senilidade é esta falação e mais falação, e ainda mais falação.
Toda esta falação não é boa. Você deve observar silêncio.
Desde o nascimento, você não desenvolveu o hábito do silêncio interno. Deve desenvolvê-lo agora.”

Sai Baba Gita, Cap. VII, "Restringindo a Língua na Alimentação e na Fala"

Total de visualizações de página