''O QUE PODEMOS FAZER PARA QUERER FIRMEMENTE AQUILO QUE RECONHECEMOS SER O MELHOR PARA NÓS E PARA NOSSA ESPÉCIE?''

11 de fev de 2011

Energia para o corpo

AQUI VAI UM TRECHO QUE ACABEI DE LER DO LIVRO ''A CURA POPULAR PELA COMIDA'', DR FLÁVIO ROTMAN, A TRANSFORMAÇÃO DE ALIMENTOS EM REMEDIOS - UMA NOVA VISAO PARA UMA EPOCA DE CRISE, PAGINA: 336 TOPICO: AMIDO - A ENERGIA DA TAIOBA

EDITORA RECORD
18ª EDIÇÃO
2000


A ENERGIA QUE NECESSITA O ORGANISMO DERIVA DOS PROCESSOS DE QUEIMA DOS NUTRIENTES OS QUAIS TEM POR FINALIDADE LIBERAR ENERGIA SOLAR [?] CONTIDA POTENCIALMENTE NO ÁTOMO DE HIDROGENIO. (...)

AS NECESSIDADES CALÓRICAS DO INDIVIDUO ESTAO CONSTITUIDAS PELA SOMA DO VALOR CALORICO CORRESPONDENTE AO METABOLISMO BASAL DE REPOUSO, PELOS REQUERIMENTOS NECESSARIOS PARA O GASTO DO TRABALHO CORPORAL E PELO GASTO ENERGETICO EXTRA REQUERIDO PARA O PROCESSO DE DIGESTÃO DE ALIMENTOS.

ESTAS NECESSIDADES ENERGETICAS SAO SUPRIDAS PELA INGESTÃO DE HIDRATOS DE CARBONO, PROTEINAS E GORDURAS. SE UM ALIMENTO É COLOCADO EM UMA PEQUENA CÂMARA NA QUAL EXISTE UMA ALTA PRESSAO DE OXIGENIO E SUBMETIDO A UMA CORRENTE ELETRICA, ESTE ALIMENTO SOFRERÁ A SUA PROPRIA COMBUSTÃO.

O CALOR PRODUZIDO E LIBERADO NESTAS CONDIÇÕES PODE ASSIM SER MEDIDO:

1) OS HIDRATOS DE CARBONO PRODUZEM 4,1 CALORIAS POR GRAMA (EX. AMIDO);
2) AS PROTEINAS PRODUZEM 5.65 CALORIAS POR GRAMA;
3) AS GORDURAS PRODUZEM 9,40 CALORIAS POR GRAMA.


Um comentário:

Malu Paes Leme disse...

Querido Le!
gostaria de entender um pouco mais seu post :)

Beijos!

Total de visualizações de página