''O QUE PODEMOS FAZER PARA QUERER FIRMEMENTE AQUILO QUE RECONHECEMOS SER O MELHOR PARA NÓS E PARA NOSSA ESPÉCIE?''

24 de jul de 2011

uma historia qualquer de tempos remotos - parte2

Mas os ancioes quando voltaram, fizeram perguntas.

e a comunidade harmonica, respondeu que nao entendiam a duvida divina dos ancioes.

Pois afirmavam que a agua iliminava e refletia como o cristal e as montanhas guardavam grandes segredos que em seu tempo iriam dispertar. Os ancioes ja sabiam disso.

Então os maravilhados seres sentados sob uma pedra de quartzo branco circular perguntaram. ''Entao o que lhes aflingem, somos todos capazes de entender, não há duvida que perdure entre nós, na verdade, não duvida de nada pois o sol se poe, se vai longe , volta perto e as folhas caem, e as flores brotam, a lua vem e os mares vao, tudo assim é.''

Os ancioes olharam uns para os outros e sentaram ao lado dos habitantes que olhavam fixadamente pra eles sorrindo, ouvia-se os sorrisos das crianças ao fundo, se divertiam como nunca, fazendo chafarizes de luz com os dedos.

Todos ficaram em silencio, olhando uns para os outros profundamente, foi algo diferente pra todos... esse olhar durou até que um sabiá pousase numa pedra entre eles, o sabia olhou-os, cantou, e virou para ao sol . O sabia por sua vez, cantou mais uma vez e voou passando em frente dos momentos finais do crepusculo onde as matizes cor de fogo em brasa dispertavam um amigo proximo, o sono.

Recolheram-se todos para a casa dos vasos, onde as paredes eram de orquideas e bromelias, o teto o cruzeiro do sul, um lugar circular com aromas dispertantes que faziam as mais diversas regioes do cerebro pulsar de forma colorida..

Agradeceram, se sentaram e eberam agua em copos de bambu, cristal, vidro e folhas de bananeira, pois era lua cheia e queriam refrescar-se.

Os ancioes ainda tinham entre suas sinapses, algo a desscobrir, porem que se aquietou temporariamente, diante da espetacular noite das luzes e aromas na casa dos vasos.

Todos sorriam, cantavam e contavam historias e até comiam caquis fatiados em 4 de modo horizontal, cuja forma vibracional era de uma estrela que os ancioes dizem ser da mesma forma donde os ancestrais vieram.



[continua?]

historia mistica da fantasia que cada vez q passa pela iris muda o entender.

Nenhum comentário:

Total de visualizações de página